Um singelo e sagrado lugar chamado ‘Beco da Jurema’ – Caminhando e Cantando pelo Núcleo Bandeirante

Por João Negrão

 

Num cantinho de entre quadras na 3ª Avenida, no Núcleo Bandeirante, há uma lugar singelo, aprazível, sagrado. É o Beco da Jurema, muito bem cuidado pelas irmãs Sheile e Sheila Marques. As gêmeas organizam o lugar, um quintal, um terreiro, com muito carinho, uma referência e reverência à religião que elas praticam.

Jurema, também conhecida por Jurema Sagrada, é um religião de matriz ameríndia, surgida no Nordeste brasileiro a partir do cultivo e uso da planta de mesmo nome pelos indígenas daquela região e também do Norte. Mas ela possui adeptos em todo o país e Brasília, por abrigar muitos nordestinos e descendentes deles, tem muitos praticantes.

Com o Beco da Jurema inicio a série de micro reportagens “Caminhando e Cantando” sobre lugares interessantes no Núcleo Bandeirante.

Confira o vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *