Em 15 dias, programa a Espera Acabou já tirou mil pacientes da fila por exames, consultas e cirurgias

Foto: Everaldo Galdino

O mutirão anunciado pela prefeita Andréia Wagner (PSB), começou no dia 21 de abril e segue até o mês de maio, com atendimento exclusivo aos pacientes do SUS.

Com o objetivo de evitar filas de pacientes que aguardam atendimento médico para consultas, exames e cirurgias no Sistema Único de Saúde (SUS), a Prefeitura de Jaciara, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início ao Programa A Espera Acabou, afim de zerar a demanda reprimida no município. A previsão é que 6.222 procedimentos e consultas sejam realizados.

“Criamos o programa para diminuir a demanda reprimida de consultas, exames e cirurgias e assim, promovemos todas as semanas os mutirões de especialidades, ao mesmo tempo em que acontecem as cirurgias de pequenas e médias complexidades no Hospital Municipal de Jaciara”, anunciou a prefeita Andréia Wagner (PSB).

Lançado no dia 21 de abril deste ano, o mutirão vem promovendo  atendimento para esses pacientes cadastrados pelo SUS,   por uma equipe médica de várias especialidades  nas Unidades de Básicas de Saúde (UBS’s) e  no Centro de Especialidades Médicas (CEM).  Entre as especialidades, atendimento voltados à endoscopia, ortopedista, endocrinologista, cardiologista, otorrino, ecocardiograma, neurologista, pediatra, neuropediatra, reumatologista, dermatologista, ginecologia, pneumologia e espirometria,

“Os agendamentos vem ocorrendo por ordem da fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS) e avaliados pela regulação municipal. Até o momento já foram atendidos cerca de 1.100 pacientes que gerou 2 mil atendimentos entre cirurgias, exames e consultas. Estão previstos agendamentos até o dia 14 de maio deste ano, podendo ser prorrogado”, explicou o secretário municipal de Saúde, Robson  Casanova.

“Para mim foi ótimo. Só foram três meses aguardando, nem acreditei quando me ligaram. Acho que é um tempo normal. Pois, ano passado, tive que esperar por 3 anos um exame lá em Sorriso. Agora aqui, em Jaciara, tô gostando muito deste atendimento.  A cidade está melhorando”, disse a paciente Lenir Conceição de Oliveira, do bairro Santa Luzia.

“Este mutirão está sendo bom. Porque nós estávamos esperando  muito há tempo. Meu esposo aguardava por  três meses. Hoje, é outra realidade, em comparação do que era antes. É nota 10 o atendimento”, disse a dona de casa, Maria Aparecida dos Santos Oliveira, que acompanhava o marido paciente.

Fonte: Everaldo Galdino – Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.