Governadores lançam Pacto Nacional em defesa da vida e da Saúde

Por Letícia Valadares, da Redação

Um “Pacto Nacional em defesa da Vida e da Saúde” foi lançado nesta quarta-feira (10) pelo Fórum Nacional dos Governadores. A carta foi assinada por 21 dos 27 governadores brasileiros. Ela é resultado de reuniões entre os chefes dos estados e os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, realizada no dia 12 de fevereiro.

O texto ressalta a necessidade do pacto diante ao agravamento da situação sanitária do país e dos danos econômicos e sociais.  “O coronavírus é hoje o maior adversário da nossa Nação. Precisamos evitar o total colapso dos sistemas hospitalares em todo o Brasil e melhorar o combate à pandemia. Só assim a nossa Pátria poderá encontrar um caminho de crescimento e de geração de empregos”, descreve a carta.

O documento conta com três pontos e tem o objetivo de reforçar a luta contra o coronavírus. Ele cita a urgência de medidas eficientes contra a pandemia, a expansão da vacinação, a compra de mais doses com todos os fornecedores disponíveis, apoio as medidas preventivas para conter o vírus, a expansão dos leitos dos hospitais e pede apoio aos estados na manutenção dessas medidas.

Assinam o documento: Gladson Cameli (Acre), Renan Filho (Alagoas), Waldez Goés (Amapá), Rui Costa (Bahia), Camilo Santana (Ceará), Ibaneis Rocha Distrito Federal), Renato Casagrande (Espírito Santo), Ronaldo Caiado (Goiás), Flávio Dino (Maranhão), Mauro Mendes (Mato Grosso), Reinaldo Azambuja (Mato Grosso do Sul), Romeu Zema (Minas Gerais), Helder Barbalho (Pará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), João Doria (São Paulo), Belivaldo Chagas (Sergipe) e Mauro Carlesse (Tocantins).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *